Blog

Como se adaptar aos aparelhos auditivos?

Saber como se adaptar aos aparelhos auditivos é uma preocupação frequente para quem precisa usá-los. Pensando nisso, trouxemos aqui algumas dicas e orientações para te ajudar nesse processo.

Antes de mais nada, é necessário entender que o processo de adaptação pode ser um pouco longo, pois será necessário reaprender a ouvir, já que seu cérebro ficou muito tempo sem estímulos sonoros e precisa aprender novamente a recebê-los e interpretá-los.

Assim, é necessário ter paciência e cuidado durante seu processo de adaptação. Cada pessoa leva seu próprio tempo para se adaptar aos aparelhos mas, em média, seu corpo levará de 3 a 6 meses para aprender a ouvir de novo. Alguns cuidados e procedimentos podem ajudar nesse período:

 

Use o aparelho auditivo pelo máximo de tempo possível

O melhor jeito de se adaptar a seus aparelhos é usando. Com pelo menos 8 horas diárias de uso, você vai conseguir se adaptar a eles mais rapidamente. Mas não se esqueça que a maioria dos aparelhos precisa ser retirado para tomar banho e para dormir.

Leia em voz alta para se acostumar à sua própria voz

Até sua própria voz pode soar estranha no começo, e você precisa se acostumar a ouvi-la de novo. Uma boa solução para isso é ler em voz alta para ir se adaptando ao som.

Comece conversando com uma pessoa só

Ouvir muitos sons ao mesmo tempo é um desafio que pode ser bastante desgastante, então uma boa dica é introduzir novos sons em sua rotina aos poucos. Converse com uma pessoa de cada vez, e sente-se de frente para ela para poder ouvi-la melhor.

Aumente gradativamente o número de pessoas com quem conversa

Depois que você se acostumar a conversar com uma pessoa só, pode ir aumentando o número de pessoas aos poucos. Nessa hora, é importante prestar atenção aos diferentes timbres de cada um.

Assista programas onde poucas pessoas falam por vez

Para se adaptar às vozes, uma dica interessante também é assistir a programas de TV onde poucas pessoas falam – como telejornais, por exemplo.

Fique atento a possíveis problemas e converse com seu fonoaudiólogo

Fique atento a quaisquer incômodos, dores, ruídos estranhos – como assobios e ecos -  e relate esses acontecimentos a seu fonoaudiólogo, pois isso irá ajudá-lo a fazer os ajustes necessários e tornar seu aparelho perfeito para você.

Seja paciente

Por fim, tenha paciência consigo mesmo e com seu processo de adaptação. Seu corpo precisa reaprender a ouvir o mundo e isso leva tempo, mas ao final você vai perceber uma enorme melhora na sua qualidade de vida.